Poema: Sem Contacto

De facto

Sem contacto

Tudo corre melhor

A consciência não pesa tanto

O meu humor é mais constante

Entretanto

Beijos perdem-se

Deitam-se fora abraços

Nos teus braços fui amada

Sem amarras

Só uma estrada

A percorrer a dois

Ou só eu

E depois

Vem a alegria da tranquilidade

A cadência dos dias

e das horas

Comemoro

Mais um dia vivido sem pensar em morrer

Mais um dia vivido a pensar em viver

Até que pare de pensar e viva

(2019)

 

Imagem tirada do site Pixabay.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s