Poema: Agridoce (2019)

As saudades

A inquietação

Mais um dia sem te ver

Um alívio envergonhado

De palavras duras

Sem sentimentos

Saudades do que fomos

Do que não chegámos a ser

Do que poderíamos ter sido

Talvez

Foi melhor assim

Melhor para os dois

Afasto-me

Com o coração nas mãos

Com um sabor agridoce na boca

De quem talvez não quisesse

Que tudo ficasse assim

(2019)

 

Imagem tirada do site Pixabay.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s